Na primeira reunião da Executiva após as eleições, DEM reforça desempenho nas urnas

Na primeira reunião da Executiva Nacional do Democratas após as eleições municipais, o presidente José Agripino (RN) reforçou o significativo resultado do partido nas urnas. Em todo o país, computando os dois turnos, a legenda conquistou 278 municípios, 294 vice-prefeitos e 3.275 vereadores.

No cômputo geral, o Democratas vai administrar em 2013 um eleitorado maior. O partido estará sob o comando de 7 milhões de eleitores, 2,1 milhões a mais do que o cenário atual. Isso significa que os democratas governarão 5% do eleitorado nacional. Uma resposta contundente àqueles que tentaram dizimar a legenda. "O resultado desse pleito manteve o partido vivo; prova de que existe um respeito por nossas lideranças", afirmou José Agripino.

O Democratas foi o único partido da oposição a conquistar uma das quatro maiores capitais do País. É uma constatação simbólica que reflete o vigor do partido no cenário político nacional. O partido que antes não tinha nenhuma prefeitura no grupo das 85 maiores cidades do país, que reúne as 26 capitais e as 59 cidades com mais de 200 mil eleitores, fez 5 prefeitos nesta faixa. Só para exemplificar, o PT diminuiu de 22 para 16. E o PMDB caiu de 19 para 9.

O novo prefeito de Salvador disse que a atuação do partido foi fundamental para sua vitória. "Devo ao Democratas minha vitória. Sei que meu desafio é enorme, mas darei o meu melhor ao povo de Salvador", disse ACM Neto. Alem de ACM Neto, estiveram presentes na reunião da Executiva em Brasília os prefeitos eleitos Rodney Miranda (Vila Velha-ES) e Luiz Carlos Setim (São José dos Pinhais-PR).

Outro dado importante: o DEM obteve um significativo aproveitamento de candidatos eleitos no Brasil. Dos 729 candidatos do partido nas eleições de outubro, 38,1% conseguiram vitória. A taxa de sucesso dos democratas - proporção de eleitos no conjunto de seus candidatos - é superior à de partidos como PDT (37,2%), PTB (36%) e PT (35,7%).

O deputado Onyx Lorenzoni (RS) reforçou a importância de todos os candidatos que concorreram pelo Democratas, inclusive os que não venceram. "Temos que aplaudir também os que não tiveram êxito. Nas próximas eleições, teremos novos deputados federais e senadores que virão para continuarmos cumprindo o que somos: uma oposição séria, responsável e comprometida", frisou Lorenzoni.

 

« Voltar para o índice

Para retirar seu e-mail da lista clique aqui.

Você recebeu este e-mail porque foi registrado em http://www.democratasinforma.org.br para receber o boletim informativo do DEMOCRATAS.
Se esta newsletter for bloqueada, adicione contato@democratasinforma.org.br aos seus contatos. Vejas as edições anteriores.
Envie este boletim para um amigo. Filie-se ao partido.

© 2008-2017, DEMOCRATAS. Todos os direitos reservados.
#