Democratas de olho nos erros no BNDES

Em janeiro deste ano, o Brasil bateu mais um recorde, o de pagamento de impostos pela população ao governo. A arrecadação chegou a R$ 116,1 bilhões. Desde que esse índice começou a ser medido, há 28 anos, não houve nada igual.

Em valores corrigidos, a carga de impostos sobre o cidadão brasileiro aumentou 160% na era do PT. Hoje, em média, cada brasileiro entrega cinco meses de sua renda anual ao governo, de acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT).

Para o empreendedor os impostos excessivos também são um fardo. No Brasil, empregadores pagam 57,6% de um salário em impostos, enquanto a média mundial é de 25%.

O governo aplica bem esses recursos? Apenas o caso do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) mostra que muitas vezes o excesso de dinheiro destinado ao Tesouro tem sido extraordinariamente desperdiçado. Na linguagem popular, jogado na lata de lixo.


Para exemplificar, o lucro do BNDESPar - que administra as participações em empresas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) - caiu 93,1% no ano passado.


A carteira de ações do BNDES, que inclui 142 empresas, caiu de R$ 89,7 bilhões, em 2011, para R$ 78,2 bilhões, no ano passado. Mas o lucro foi menor também porque as principais fontes de dividendos tiveram um ano marcado por dificuldades, como foi o caso da Vale, Petrobras e Eletrobras. Nos três casos, as empresas perderam valor de mercado devido a ações desastradas do governo.


Sempre atento aos problemas gerenciais do governo, o presidente do Democratas, José Agripino, apresentou um projeto de resolução que tornará obrigatória a presença trimestral do presidente do BNDES no Senado Federal.


Além de reforçar a prerrogativa do Senado, o projeto tem como objetivo monitorar a atuação de um órgão que não tem conseguido mais atuar a favor do desenvolvimento do Brasil.


Se nada for feito, o BNDES pode ter o mesmo destino de empresas como a Petrobras e a Eletrobras, uma gigantesca perda de valor e de credibilidade devido à incompetência gerencial de um governo intervencionista.

PT reage com agressividade à painel do Democratas relembrando o mensalão

Durante manifestação ontem,26, do Democratas para relembrar o ano de 2005 para a história do PT, o partido governista mostrou mais uma vez sua postura de intolerância diante de fatos reais. Após o líder do Democratas na Câmara dos Deputados, Ronaldo Caiado (GO), inaugurar painel com matérias e personagens envolvidos no escândalo do mensalão, o deputado petista Amauri Teixeira se apropriou do banner e o levou para a liderança do partido causando confusão entre parlamentares e funcionários da Casa. O painel relembrou o mensalão esquecido pelo PT em exposição montada em túnel da Câmara Federal contando seus 33 anos de história e 10 anos de governo. "Essa atitude mostra a intolerância ao contraditório do PT à verdade. Não criamos nada que não fossem fatos relatados. Não é correto que eles excluam um fato da história do seu partido. Aí, realmente não é uma exposição honesta", afirmou Caiado.

Saiba mais

 

Rodrigo Maia vai presidir Comissão de Viação e Transportes da Câmara

O deputado Rodrigo Maia (Democratas-RJ) assumirá a Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara Federal. A decisão foi anunciada após reunião de líderes partidários realizada na noite dessa quarta-feira (27) quando foram designadas as presidências de comissões permanentes da Casa para o ano de 2013. "É uma comissão muito importante. A infraestrutura de transporte no Brasil, infelizmente, ainda está muito atrasada e o Congresso tem um espaço importante para debater essa área e poder colaborar com o Executivo que infelizmente anuncia muita coisa, muita obra, mas que não andam", afirmou o democrata. A Comissão, composta por 30 deputados titulares e 30 suplentes, foi criada em 1993 e tem como atribuição debater a apreciar proposições ligadas ao sistema nacional de viação e de transporte em geral

 

« Voltar para o índice

Para retirar seu e-mail da lista clique aqui.

Você recebeu este e-mail porque foi registrado em http://www.democratasinforma.org.br para receber o boletim informativo do DEMOCRATAS.
Se esta newsletter for bloqueada, adicione contato@democratasinforma.org.br aos seus contatos. Vejas as edições anteriores.
Envie este boletim para um amigo. Filie-se ao partido.

© 2008-2017, DEMOCRATAS. Todos os direitos reservados.
#