2010 na agenda da Oposição

Prezada amiga,

Prezado amigo,

Com persistência, paciência e método nós, do Democratas, e os principais líderes do PSDB e do PPS, estamos conversando e tentando consenso dos nossos aliados no maior número possível de estados. Nosso objetivo é fortalecer ainda mais a aliança da Oposição para disputar e vencer as eleições gerais de 2010. Não há, no horizonte do mundo político, fato político mais relevante que esta disputa.

Minha avaliação é que estamos caminhando bem no sentido de alianças fortes e representativas que contarão com o apoio de nossos filiados, nossas filiadas, nossos militantes e simpatizantes. Na Bahia, por exemplo, o DEM e o PSDB, que eram adversários até ano passado, terão o mesmo candidato ao governo do Estado. As conversas também estão prosperando no Mato Grosso do Sul e em várias outras regiões do país.

Todos os entendimentos estão sendo feitos em torno de propostas concretas nas áreas públicas essenciais, caso da Saúde, Educação, Segurança e Meio Ambiente. Nosso objetivo é fazer uma campanha real mostrando nossos planos de ação imediata para garantir desenvolvimento, emprego e uma vida melhor a todos os brasileiros. Além dos eleitores e da sociedade, sabemos que a história e o tempo reconhecerão os méritos e a integridade da Oposição que temos posto a serviço do País.

É isso, um forte abraço,

 

Demóstenes pede que Sarney se afaste das investigações

O senador Demóstenes Torres (GO) pediu ao presidente do Senado, José Sarney (AM), que se afaste de qualquer instância de decisão em sindicâncias e processos relacionados aos escândalos administrativos que atingiram a Casa. “A posição dos Democratas é pedir ao presidente para se afastar da direção, do julgamento, da investigação desses casos e deixar o 1º vice-presidente fazer essas investigações, para que ele possa tomar as medidas adequadas, ágeis e urgentes até que, na terça-feira, o partido, possa deliberar sobre o que pensa acerca do futuro do presidente Sarney na Presidência da Casa”. Demóstenes informou ainda que, na próxima terça-feira (30), os parlamentares do Democratas se reunirão para novas deliberações acerca da crise no Senado.

Saiba mais

 

Agripino: Democratas obstruem a pauta até que CPI seja instalada

Caso a CPI da Petrobras não seja instalada na próxima semana, o Democratas vai obstruir a pauta de votações no Senado até que os trabalhos da comissão parlamentar de inquérito sejam iniciados. O anúncio foi dado pelo líder do partido José Agripino (RN). Segundo o parlamentar, a CPI da Petrobras deixou de ser uma necessidade para se tornar uma imposição da sociedade brasileira. “Enquanto a CPI da Petrobras não for instalada, a obstrução por parte do meu partido estará colocada e desde já anunciada”, assegurou Agripino. Por desentendimento da base governista – que não quer investigar a Petrobras - a instalação foi adiada por duas vezes. “Daqui a pouco o Senado entrará em nova fase de descrédito porque não foi capaz de instalar um processo de investigação que a sociedade reclama”, afirma.

 

Câmara aprova nova lei para o rastreamento de bovinos

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 24, o Projeto de Lei 3.514/08, que regulamenta e normatiza o registro e acompanhamento das informações referentes às fases que compõem a cadeia produtiva de carne. "Consolidamos aquilo que o produtor rural faz há mais de cem anos", comemorou Onyx. Para o deputado, a aprovação do projeto é uma concessão ao País de um instrumento que faltava. O deputado lembrou que quando se for buscar um sistema mais evoluído, seja por meio de registro individual por brincagem ou chip, a lei está preparada para responder desde que haja ajuste entre as partes. "Se for o Poder Executivo a instituir um sistema novo, caberá a ele desenvolver recursos orçamentários para bancar. Se for iniciativa privada, que faça contrato de parte a parte entre o frigorífico e o produtor, sem ônus para este", pontuou. Segundo ele, a União Européia que mais compra a carne brasileira no mercado externo, exige que a carne seja rastreada desde o nascimento até o abate do animal.

 

Oposição reage à proposta de limitar a atuação do TCU

O deputado Rodrigo Maia (RJ) reagiu à proposta do relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2010, deputado Wellington Roberto (PR-PB) de reduzir poderes do Tribunal de Contas da União (TCU). Matéria de "O Globo" publicada no último domingo informa que o Relator da LDO quer que a lei deixe claro que o Tribunal de Contas da União (TCU) não tem poder de paralisar obras públicas, mesmo que a fiscalização encontre indícios de irregularidades graves. Rodrigo Maia afirmou que o Tribunal deve ser soberano na fiscalização das obras públicas. Segundo ele, o Congresso teria poder de rever determinações do TCU apenas relativas à Presidência da República. No caso dos demais administradores, o tribunal pode fixar prazos para que o órgão ou entidade adote as providências necessárias ao exato cumprimento da lei. “A competência do TCU está claramente estampada no texto da Constituição”, ressalta Rodrigo Maia.

 

Murilo Zauith é pré-candidato do DEM em Mato Grosso do Sul

Na última segunda-feira, 22, os partidos de oposição DEM, PSDB e PPS se reuniram em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, em solenidade na Assembleia Legislativa. Os partidos repetem no Estado a aliança já costurada em nível nacional e que deverá ganhar o apoio de outros partidos. No evento, o presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia disse que o vice-governador Murilo Zauith é pré-candidato do DEM ao Senado, mas não descartou a possibilidade do vice-governador disputar o governo do Estado como candidato do bloco formado pelos partidos de oposição. Rodrigo Maia apenas ressaltou que os três partidos vão seguir o mesmo projeto de 2006, que é o de oposição ao governo do PT.

 

 

Leitura Dinâmica

Cidade limpa e transparente - Gilberto Kassab, Folha de S. Paulo

A caixa dos grilos e o olho do satélite - Kátia Abreu, Folha de S. Paulo

Opacidade dos poderes - Cesar Maia, Folha de S. Paulo

Projetos para 2010 - Rodrigo Maia, Diário de Petrópolis

Democratizar a democracia, Marco Maciel, Folha de S. Paulo

« Voltar para o índice

Para retirar seu e-mail da lista clique aqui.

Você recebeu este e-mail porque foi registrado em http://www.democratasinforma.org.br para receber o boletim informativo do DEMOCRATAS.
Se esta newsletter for bloqueada, adicione contato@democratasinforma.org.br aos seus contatos. Vejas as edições anteriores.
Envie este boletim para um amigo. Filie-se ao partido.

© 2008-2017, DEMOCRATAS. Todos os direitos reservados.
#