Dívidas assombram milhões de brasileiros

Prezada amiga filiada,

Prezado amigo filiado,


Nada assusta mais que o peso das dívidas. Aprendemos desde cedo que ficar devendo é muito ruim. E que dever e não poder pagar é o pior dos mundos. Temos medo de agiotas e vergonha só de pensar que o cobrador pode bater à nossa porta. Se tudo isso é verdade, por que a inadimplência está crescendo tanto e milhões de brasileiros estão atolados em dívidas?  Uma das razões, sem dúvida alguma, é que o governo usa, de forma irresponsável, o recurso da expansão do crédito para aquecer a economia e fingir que os efeitos da crise não existem.

O resultado dessa política é péssimo. Dados do Banco Central indicam que a taxa de inadimplência - atraso acima de 90 dias - agora em julho foi a mais elevada da história do país. A alta foi puxada pela inadimplência das empresas, que chegou a 3,8%. O desconto de duplicatas passou de 7,7% para 8,5% no mês e a conta-garantia subiu de 4,5% para 4,7%. No caso das pessoas físicas, o índice somou 8,6% e o aumento maior foi no uso do cheque especial, que passou de 10,5% em junho para 11,3% em julho. Os juros do cartão de crédito, com os do cheque especial, são os mais altos do mercado e são usados por pessoas que não têm mais como pagar as dívidas.

Estão vivendo o pesadelo da inadimplência um total de 15 milhões de pessoas no Brasil. E, segundo o Banco Central, na média, cada uma delas tem três dívidas diferent es. Ou seja, além de financiar a casa e o carro, a maioria dessas pessoas com dívidas altas faz outra operação de crédito, como o consignado, um empréstimo pessoal ou faz uso do cheque especial e do rotativo do cartão de crédito. O crédito consignado é o tipo de empréstimo que mais cresce no país com volume beirando os R$ 70 bilhões.

Muitos consumidores estão em um beco sem saída. A pressão das empresas de cobrança, a baixa auto-estima e até mal estar físico fazem parte do dia-a-dia dos endividados. O que fazer? Tentar reorganizar o Orçamento e não acreditar mais na palavra do governo. Desconfie sempre. Não existe crédito farto e fácil. O governo manda comprar, mas ninguém nos ajuda a pagar. Não é correto, portanto, que o mercado esquente enquanto enquanto o consumidor entra numa fria.

É isso , um forte abraço,

 

DEM protocola no MPF representação contra o GSI

O Democratas protocolou nesta terça-feira representação contra o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), pedindo ao Ministério Público Federal que abra procedimento investigatório em relação às condutas praticadas pelo ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, General Jorge Armando Félix. Na semana passada, o governo informou, por meio de nota do GSI, que não há imagens, registros de placas de carros nem de autoridades que estiveram no Palácio do Planalto no final do ano passado. Segundo o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia, caso fique comprovado que houve queima de arquivo público em benefício do próprio GSI ou do Palácio do Planalto, que o chefe do GSI seja responsabilizado pelos crimes de destruição de documento público ou ainda sonegação ou inutilização de livro oficial, crimes previstos no código penal.

 

Partido abandona Conselho de Ética do Senado em protesto

O Democratas deixou o Conselho de Ética do Senado. Depois de reunir sua bancada no Senado, o líder José Agripino anunciou que a renúncia ao Conselho deve-se ao uso político do órgão e às manobras utilizadas pela base governista, que conseguiu arquivar, semana passada, todas as denúncias contra o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). O partido não tem mais nenhum membro ou suplente no Conselho. “Nossa presença no Conselho, do jeito que está, é conviver com a improbidade. A ética deve estar em primeiro lugar e não os interesses políticos”, justificou o senador. "Nós, democratas e tucanos, votamos pela abertura dos processos, pela investigação, pelo direito ao estabelecimento do contraditório. Agora, a base do governo, a começar pelo Partido dos Trabalhadores, é responsável por uma frustração de uma expectativa da sociedade”, concluiu. 

 

Oposição sai em defesa da Receita Federal

Líderes dos partidos de oposição, Democratas, PSDB e PPS apresentaram nota à imprensa em defesa dos funcionários da Receita Federal. Segundo a nota, os partidos se solidarizaram com esses servidores, que colocaram seus cargos à disposição, em gesto que só confirma as denúncias da Sra. Lina Vieira de ingerência política na administração do fisco federal. A Oposição compartilha do sentimento dos servidores demissionários de que a Receita Federal vive hoje em condições claramente alimentadas por um sentimento não republicano de represália e acerto de contas. O Democratas, o PSDB e o PPS cumprem sua missão, como partidos da Oposição, de alertar sobre as graves consequências ao país , da prática de perseguição política em um órgão da importância da Receita Federal, com impactos fortemente negativos no desempenho da instituição.

 

ACM Neto reafirma posição do DEM contra a volta da CPMF

Líderes da oposição declararam que são contrários à criação da nova CPMF, batizada de CSS (Contribuição Social para a Saúde), proposta novamente pelo governo e farão de tudo para barrá-la no Congresso. Com argumento de que precisam de mais recursos para a saúde, governistas prometem partir para o ataque pela aprovação desse imposto. "O DEM impediu a recriação da CPMF antes, numa vitória da sociedade e uma derrota imposta ao governo federal, e vai agora utilizar de todos os mecanismos possíveis para inviabilizar novamente a proposta, capitaneada pelo PMDB”, avisou o deputado ACM Neto. O parlamentar baiano era o líder do Democratas quando a proposta de recriação da CPMF foi rejeitada pelo Congresso Nacional em dezembro de 2007. Para o deputado, não é preciso criar mais um imposto para melhorar a saúde no Brasil. “A questão não é falta de dinheiro, mas sim de gestão. A sociedade brasileira não tolera mais criação de impostos”, declarou.

 

Democratas: Compromisso com a fidelidade partidária

Em reunião realizada nesta quarta, 26, a Comissão Executiva Nacional do Democratas decidiu, por unanimidade, que recorrerá à Justiça sempre que for necessário para reaver o mandado de todo e qualquer parlamentar eleito pela legenda que se filiar a outro partido político. Quem mudar de Partido está sujeito à perda de mandato, reafirmou Rodrigo Maia, presidente do Democratas. O comando do partido decidiu, em seguida, que ingressará imediatamente no Tribunal Superior Eleitoral, TSE, para reaver o mandato do deputado federal Jairo Carneiro (BA). Eleito pelo DEM, Carneiro anunciou filiação ao Partido Popular, sem renunciar ao mandato. Este movimento é proibido. Segundo a legislação, os mandatos de vereadores, deputados estaduais, federais, senadores, prefeitos, governadores e do presidente da República pertencem aos partidos e não aos candidatos eleitos". 
      
            
      

 

Cidade Limpa é referência e São Paulo estará na Expo Xangai 2010

O prefeito Gilberto Kassab anunciou na quarta-feira a participação da Cidade de São Paulo na Expo Xangai 2010, cujo tema é "Better City, Better Life" (Cidade Melhor, Vida Melhor). Esta é a primeira vez que cidades participam de uma Exposição Mundial. Das 188 cidades candidatas à concessão de um espaço na Expo, 55 foram selecionadas e São Paulo, com o projeto Cidade Limpa, ficou em quarto lugar. Kassab ressaltou que participar da feira é uma oportunidade grandiosa para apresentar a Cidade aos cerca de 70 milhões de visitantes esperados e, conseqüentemente, ao mundo. Kassab também confirmou o destaque dado à renovação urbana e ao combate à poluição, temas que serão a base do projeto apresentado na Expo ."A [lei] Cidade Limpa está à frente. É uma referência e foi fundamental pra que São Paulo fosse escolhida para participar da Expo e dessa maneira levar seu nome a esse evento", explicou o prefeito.

 

Leitura Dinâmica

Nós e o petróleo do Pré sal - Rodrigo Maia, Diário de Petrópolis

Bolivariano progressista - Demóstenes Torres, Blog do Noblat

Segundo turno - Cesar Maia, Folha de S. Paulo

« Voltar para o índice

Para retirar seu e-mail da lista clique aqui.

Você recebeu este e-mail porque foi registrado em http://www.democratasinforma.org.br para receber o boletim informativo do DEMOCRATAS.
Se esta newsletter for bloqueada, adicione contato@democratasinforma.org.br aos seus contatos. Vejas as edições anteriores.
Envie este boletim para um amigo. Filie-se ao partido.

© 2008-2017, DEMOCRATAS. Todos os direitos reservados.
#