Democratas: Coragem de se posicionar

Prezado amigo filiado,

Prezada amiga filiada,

Existem no Brasil mais de 30 partidos políticos, mas só o Democratas tem discurso claro e faz a defesa intransigente da Democracia, do Estado de Direito, da Ética e da Justiça. Nossa proposta de desenvolvimento global envolve questões essenciais como a segurança pública, a saúde, a educação e a preservação do meio ambiente.

Não faltam planos, propostas, projetos e boas idéias aos Democratas. Também não nos faltam sonhos. Acreditamos que é possível restaurar a crença em valores e fortalecer as instituições, a começar pela família. Temos fé no nosso futuro e no futuro do país, tanto que nosso desejo é construir um Brasil maior, um País de grandes propósitos.

Não queremos viver de fins intermédios, interesses particulares e promessas próximas. Também não pretendemos centrar nossas ações em objetivos limitados ao nosso tempo. Sabemos que é fundamental lutar por conquistas imediatas como emprego, conforto e segurança, mas achamos igualmente essencial, até como um dever da nossa geração, definir objetivos de longo prazo. Para o nosso bem e para o bem do Brasil.

É isso, um grande abraço,

 

Caiado: Derrubaram o laranjal, mas não derrubaram a CPMI

Em uma segunda tentativa, parlamentares da oposição reforçaram a estratégia e conseguiram manter a abertura da CPI do MST, cujo requerimento de criação foi lido na última quarta-feira (21) no Congresso Nacional. Ao todo, 233 deputados e 36 senadores deram o apoio à criação da CPMI que vai investigar, entre outros pontos, o repasse de recursos públicos e estrangeiros ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).  “Derrubaram o laranjal, mas não derrubaram a CPMI. Essa não é uma vitória somente da oposição, mas da sociedade brasileira”, ressaltou o líder Ronaldo Caiado. “Ninguém mais aguenta ver os desmandos de um movimento que nem se quer é legalizado. Invadir propriedades produtivas e centros de pesquisa são atitudes que o brasileiro não suporta mais ver. Essa CPI vai fazer justiça à muita gente”, acrescentou o deputado Onyx Lorenzoni, co-autor da comissão.

 

Colombo pede aprovação da PEC da Juventude

O senador Raimundo Colombo (SC) defendeu a aprovação imediata da proposta de emenda à Constituição (PEC) da Juventude. A PEC amplia os direitos da juventude ao assegurar ao jovem, na Constituição Federal, prioridade em direitos como saúde, alimentação, educação, lazer, profissionalização e cultura. “É uma forma de regulamentar as ações que vão trazer, de forma clara, uma política pública para o jovem”, afirmou o democrata. A matéria ainda não foi apreciada devido a duas medidas provisórias (MPs) enviadas pelo governo federal que estão trancando a pauta de votações. Segundo Raimundo Colombo, é fundamental que o Brasil aplique uma política forte de combate à violência e às drogas bem como ao desemprego – que hoje em 49% entre jovens de 18 e 29 anos. “Das mais de 103 mil mortes violentas no Brasil, 41% foram de pessoas entre 15 e 29 anos. Essa PEC será fundamental para que criemos os mecanismos de enfrentamento do problema desse segmento da sociedade”, ressaltou.

 

Oposição vai ao TSE contra Lula e Dilma por campanha antecipada

DEM, PSDB e PPS entraram com uma representação nesta terça-feira (20) no Tribunal Superior Eleitoral contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Os partidos de oposição acusam ambos de terem feito propaganda eleitoral antecipada na semana passada, quando visitaram obras do Rio São Francisco durante três dias em vários estados. Citando as declarações do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que constatou características de campanha nas viagens de Lula e Dilma, a oposição pede a notificação imediata de ambos, além da aplicação da maior multa possível. O texto da representação solicita, ainda, que o Ministério Público Eleitoral tome as medidas cabíveis. "O governo tem passado do limite. É importante que o TSE reponha esse limite, para que não haja distorção entre a estrutura de campanha da candidata do governo e a da oposição", disse o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia.

 

Está no ar a sexta edição da Revista Liberdade e Cidadania

A Fundação Liberdade e Cidadania do Democratas lançou a sexta edição da sua revista online. Órgão de pesquisa e assessoramento do Democratas, a Fundação criou a Revista Liberdade e Cidadania, que pode ser acessada pela internet. A revista é trimestral e conta com artigos e resenhas abordando diferentes temas. O objetivo da publicação  é ser um elo entre os meios acadêmicos do país e as agremiações políticas interessados na criação de um clima propício ao debate das idéias. Nesta edição, são discutidos, entre outros temas, a crise financeira internacional e o cenário econômico, as coligações municipais e o sistema político inglês. Confira!

 

Leitura Dinâmica

Desmatamento zero, sem arreglo - Kátia Abreu, Folha de S. Paulo

Chavismo, por aqui? - Cesar Maia, Folha de S. Paulo

A favor da CPI do MST - Rodrigo Maia, O Dia

« Voltar para o índice

Para retirar seu e-mail da lista clique aqui.

Você recebeu este e-mail porque foi registrado em http://www.democratasinforma.org.br para receber o boletim informativo do DEMOCRATAS.
Se esta newsletter for bloqueada, adicione contato@democratasinforma.org.br aos seus contatos. Vejas as edições anteriores.
Envie este boletim para um amigo. Filie-se ao partido.

© 2008-2017, DEMOCRATAS. Todos os direitos reservados.
#