Democratas: Compromisso com o Brasil

Prezado amigo,

Prezada amiga,

Quero dizer aos nossos filiados e filiadas, militantes e simpatizantes, com muita convicção e muita tranqüilidade, que vencemos a tormenta que nos atingiu no final do ano passado, quando foram divulgadas as primeiras denúncias de irregularidades envolvendo a administração do Distrito Federal.

Do dia 27 de novembro de 2009 até ontem, 25 de fevereiro de 2010, passaram-se 91 dias de ataques implacáveis ao Partido. Foram centenas de notícias negativas, dezenas de análises desfavoráveis, inúmeras notas irônicas, além de incontáveis comentários desaforados em emissoras de rádios, tevês e blogs na internet.

Resistimos a tudo e a todos. No dia 11 de dezembro, o governador do DF pediu desfiliação do Democratas para evitar que a Comissão Executiva Nacional do Partido votasse sua expulsão. Este mesmo rumo foi tomado pelo vice-governador.

Para passar esta página e iniciar uma folha nova, reunimos a Executiva nesta semana e aprovamos, por unanimidade, a dissolução do diretório no DF. O senador Marco Maciel, ex-vice presidente da República e um dos quadros mais sérios e preparados da nossa vida pública, será o responsável pela reorganização do Democratas na capital federal.

Todos os filiados do partido que ocupam cargos no DF terão de deixar seus postos no máximo até a próxima semana. Com tais decisões mostramos ao país que temos responsabilidade e que respeitamos as diretrizes estabelecidas no nosso programa e no nosso Estatuto. Mostramos também que nossos valores e nossos princípios são mais importantes que eventuais cargos e posições na máquina pública.

Ricardo Noblat, no site do jornal O Globo, reconheceu que o Democratas é o partido menos tolerante com desvios

No portal da Veja, Reinaldo Azevedo escreveu que a diferença entre o Democratas e o PT é simples: "O Democratas põe na rua os seus faltosos e o PT os põe no poder." Ele disse ainda que os democratas "podem levantar a cabeça, olhar no olho dos eleitores e dizer: "não compactuamos com ações erradas de ninguém.".

É isso, estamos fazendo por merecer o voto e a confiança do povo brasileiro. Tudo que está ao nosso alcance para mostrar ao país que não podemos ser lançados na vala comum dos que não cumprem com suas obrigações públicas está sendo feito.

Temos uma história de seriedade e sabemos que dizer não à corrupção é a condição para o futuro, tanto do país como o nosso. Estou seguro e confiante que vamos ter excelentes resultados nas eleições de outubro.

E a partir de agora tenho consciência que nenhuma crise no nosso Partido se tornará definitiva porque sempre podemos contar com nossa reserva de coragem.

Vamos em frente. Estamos mais fortes e mais coesos e temos um compromisso histórico com o Brasil, com a Democracia e com o Estado de Direito. Só uma bancada forte do Democratas no Congresso poderá impedir que o Brasil se afaste definitivamente do eixo democrático, onde se vive melhor.

Um forte abraço,

 

« Voltar para o índice

Para retirar seu e-mail da lista clique aqui.

Você recebeu este e-mail porque foi registrado em http://www.democratasinforma.org.br para receber o boletim informativo do DEMOCRATAS.
Se esta newsletter for bloqueada, adicione contato@democratasinforma.org.br aos seus contatos. Vejas as edições anteriores.
Envie este boletim para um amigo. Filie-se ao partido.

© 2008-2017, DEMOCRATAS. Todos os direitos reservados.
#