Oposição vai criar CPI Mista da Corrupção

Reunidos hoje, 11, na Liderança do PSDB no Senado, os partidos de oposição DEM, PSDB, PPS e PSOL anunciaram que vão dar início à coleta de assinaturas para a instalação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, na Câmara e no Senado, para investigar todas as denúncias de corrupção no governo federal.

O presidente nacional do Democratas, senador José Agripino disse que a oposição vai contar com o apoio de outros partidos como os da base governista para as assinaturas da CPMI.

“Aqueles que quiserem passar a limpo a sua história, como é caso do PR, vão evidentemente assinar a CPI. Existe hoje a imputação da culpa a um partido quando a culpa está diluída em mais de um partido”, disse o senador. “Vamos mostrar os parlamentares e os partidos que assinarem a CPMI. Os que assinarem querem investigação, os que não assinarem estão apenas posando para a platéia”, completou Agripino.

Segundo o líder do Democratas na Câmara, deputado ACM Neto uma das ações da oposição será criar um site para divulgação dos nomes dos parlamentares que assinarão a CPI.

“Criaremos um site, uma iniciativa pluripartidária, para revelar nomes dos parlamentares que estão assinando a CPI. Vamos atrás de todos os partidos da base. Quem quer investigar e não concorda com o erro assina a CPI. Vamos mostrar que o Congresso Nacional está cumprindo o seu papel”, disse o líder.

Para o senador Demóstenes Torres, líder do DEM no Senado há grandes chances de que a CPI seja instalada e que seja feita uma profunda investigação dos sucessivos escândalos de corrupção no governo.

“O Executivo está vivendo um momento de desalinho, no mínimo, total. Não é uma investigação de um partido a ou b ou contra o ministério a ou b, é contra toda a situação de descalabro que estamos vivendo. O Congresso tem que fazer a sua parte”, disse.

“Já começamos CPIs onde falava-se que não ia dar em nada e deu tudo como foi a CPI do Apagão. Todas as ações que o MP entrou foram oriundas do trabalho da CPI. A do Mensalão contribuiu muito para que PGR pudesse denunciar os 40 ladrões. Temos sim a chance de instalar essa CPI e fazer uma vasta investigação”, finalizou o líder.

 

FLC lança Prêmio Luis Eduardo Magalhães

A Fundação Liberdade e Cidadania do Democratas vai premiar projetos realizados em municípios sob administração do DEM, que tenham resultado melhorias significativas na qualidade de vida do município e da população. Podem concorrer ao Prêmio Luis Eduardo Magalhães, prefeituras administradas pelo Democratas, ou aquelas que são apoiadas pelo partido. Para participar, os projetos devem ser encaminhados até o dia 31 de agosto à Fundação. O ato da inscrição consistirá na apresentação de resumo do projeto, expostos com clareza os seus objetivos, contendo a descrição de seus resultados. Cada prefeitura poderá concorrer somente com um projeto.

Acesse o regulamento ou para mais informações encaminhe email para:  flc@flc.org.br.

Participe. Vamos mostrar ao país a força das novas ideias dos nossos democratas!

« Voltar para o índice

Para retirar seu e-mail da lista clique aqui.

Você recebeu este e-mail porque foi registrado em http://www.democratasinforma.org.br para receber o boletim informativo do DEMOCRATAS.
Se esta newsletter for bloqueada, adicione contato@democratasinforma.org.br aos seus contatos. Vejas as edições anteriores.
Envie este boletim para um amigo. Filie-se ao partido.

© 2008-2017, DEMOCRATAS. Todos os direitos reservados.
#